Notícias

23 de Setembro de 2019

Realizada a primeira capacitação para formação do Comitê Mulher da Sicredi UniEstados

 

O dia 16 de setembro foi especial para 44 mulheres representantes dos municípios da Sicredi UniEstados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Funcionárias públicas, empreendedoras, empresárias, profissionais liberais, produtoras rurais, corretora de imóveis, aposentadas, contadora, administradoras, dona de agroindústria familiar e donas de casa, participaram do primeiro módulo de capacitação do Projeto Despertar Mulher, com o tema Conhecimento e Desenvolvimento sobre o Cooperativismo. O encontro foi realizado no Seminário Nossa Senhora de Fátima, em Erechim, e teve como palestrante Icledes Maria Matté.

 

A abertura do evento foi feita pela Assessora de Relacionamento e Programas Sociais, Tatiane Dezordi, que falou que, como o nome sugere, o objetivo da Sicredi UniEstados é despertar a força feminina que existe na cooperativa, promovendo encontros formativos que tragam conhecimento sobre cooperativismo, empoderamento, liderança e empreendedorismo, para que este grupo possa formar um Comitê que traga sugestões de ações que contribuam para uma maior atuação das mulheres na Cooperativa e na sociedade. Segundo Tatiane, neste dia todas estavam começando a construir uma nova história. “Temos uma caminhada para essa representatividade acontecer de forma efetiva. Hoje temos apenas duas mulher no Conselho de Administração e Fiscal, e queremos ampliar esse número”, assegurou. Agradeceu a todas que aceitaram o desafio de participar do Projeto e de despertar dentro de si, o seu lado empreendedor e seu talento.

 

Em seguida, a conselheira Lindanir Canelo deu as boas-vindas às participantes e relatou a sua chegada ao Conselho de Administração da Sicredi UniEstados. Destacou que todas são especiais por estarem participando do projeto, e afirmou que “a Cooperativa espera muito de nós mulheres”.

 

O Projeto Despertar Mulher será desenvolvido através de capacitações que culminarão com a criação do Comitê Mulher da Sicredi UniEstados, que será implantado oficialmente em janeiro de 2020. A proposta é de que as participantes tragam sugestões de ações que contribuam para uma maior participação das mulheres na cooperativa e maior atuação em seus municípios.

           

            Ao avaliar o dia, Icledes Matté, assegurou que foi extraordinário. “A gente vê que as pessoas têm sede de conhecimento, disposição, uma equipe de mulheres muito engajada, que quer conhecer realmente o cooperativismo, para se desenvolver dentro da cooperativa e para participar mais”. relatou. Para ela, foi muito gratificante trabalhar com pessoas que vão ao encontro da proposta da Sicredi UniEstados. Elas estavam agradecidas e emocionadas com o convite, porque quando se fala em empoderamento, a evolução passa pelo conhecimento e o sistema cooperativo, que tem  suas particularidades, exige realmente que se conheça como ele funciona.